Confirmado: treinador dos Boston Celtics suspenso por uma temporada

Confirmado: treinador dos Boston Celtics suspenso por uma temporada
Alexandre Dionísio

Tópicos

Relação íntima com uma funcionária do staff da equipa violou as políticas da franquia e acabou mesmo por resultar na suspensão do técnico, que deverá ser substituído de forma interina.

Está confirmado. Na sequência de uma relação íntima com uma funcionária do staff da equipa, que foi considerada uma violação da política da franquia, o treinador dos Boston Celtics, Ime Udoka, está suspenso até ao final da temporada 2022/23.

"Os Boston Celtics anunciam que a equipa suspendeu o treinador principal Ime Udoka para a época 2022/23 por violação das políticas da empresa. Uma decisão acerca do seu futuro será tomada depois. A suspensão entra em vigor imediatamente", pode ler-se numa nota publicada pelo emblema da Liga norte-americana de basquetebol (NBA).

A suspensão de Udoka, que tem um relacionamento que dura há mais de uma década com a atriz Nia Long, com quem teve um filho, chega após uma temporada para mais tarde recordar, em que o técnico levou os Celtics às finais da NBA, um feito que não logravam desde 2010.

Udoka, que vai ser substutuído de forma interina pelo assistente Joe Mazzulla, segundo a agência AP, apresentou um pedido de desculpas mal o anúncio dos Celtics ficou conhecido, admitindo que colocou a equipa "numa situação difícil".

"Quero pedir desculpas aos jogadores, aos adeptos, a toda a organização dos Celtics e à minha família. Desapontei-os. Além disso, peço desculpa por colocar a equipa nesta situação difícil. Aceito a decisão e por respeito aos envolvidos, não vou tecer mais comentários sobre o assunto", escreveu.

A temporada regular da NBA arranca no dia 18 de outubro.