Presidente do Rio Ave e o negócio Léo Jardim: "É um dos clubes que demonstrou interesse"

Presidente do Rio Ave e o negócio Léo Jardim: "É um dos clubes que demonstrou interesse"

António Silva Campos admite que o Mónaco está perto de garantir o guarda-redes brasileiro.

António Silva Campos, presidente do Rio Ave, admitiu esta sexta-feira que o negócio Léo Jardim com o Mónaco está bem encaminhado, ainda que não totalmente fechado.

"O segredo é a alma do negócio. Como não temos nada concretizado, é melhor remetermo-nos ao silêncio", afirmou, à margem da tomada de posse de Pedro Proença como presidente da Liga. "Em principio sim, é um ativo nosso que dificilmente vamos manter. É um dos clubes que demonstrou interesse, mas, como disse, o segredo é a alma do negócio, porque as coisas podem não se concretizar.", disse depois, perante a insistência dos jornalistas.

O clube de Vila do Conde exerceu a opção de compra junto do Grémio. "Ponderamos bem, fez uma fantástica época, mostrou o seu valor, exercemos a nossa opção e ainda bem porque tinha a certeza absoluta que ia ser um jogador muito procurado", vincou António Silva Campos, falando depois da constituição do plantel.

"Falta-nos um central. O Rúben Semedo dificilmente continuará. O Galeno estava emprestado pelo FC Porto. Temos um pequenos acertos", observou.