Internacional francês revela ter sofrido depressão durante o confinamento

Internacional francês revela ter sofrido depressão durante o confinamento
Alexandre Dionísio

Benjamin Pavard, defesa do Bayern, admitiu ter sofrido de depressão durante o confinamento causado pela primeira vaga da pandemia de covid-19.

Benjamin Pavard, defesa do Bayern e da seleção francesa, admitiu este domingo ter sofrido de depressão durante o primeiro confinamento causado pela pandemia de covid-19.

"Não sabia como lidar com isso. Ao início, tu dizes a ti mesmo que não se passa nada, mas quando vês que o problema persiste, que vais aos treinos e nada muda, é preciso reagires. Sou humano e mesmo que tenha uma bela casa com ginásio, precisava de contacto com os outros", explicou, em declarações ao jornal Le Parisien.

O defesa, que se sagrou campeão do mundo pela França em 2018, não teve problemas em contar como era a sua rotina durante esse período, referindo que ter abordado o problema com calma ajudou a que, atualmente, esteja "muito melhor".

"Eu levantava-me da cama, mas não tinha apetite. Tentava manter-me ocupado, a cozinhar, a ver séries, mas a Netflix só serve para dois minutos... Não gosto da palavra depressivo, mas era esse o caso. Isto fez me crescer enquanto homem, fui deixado à minha sorte e tive de estar bem rodeado para voltar a endireitar a cabeça", completou Pavard.