Portugueses extraordinários - 8.º lugar: andebol do FC Porto, a equipa que merecia mais

Portugueses extraordinários - 8.º lugar: andebol do FC Porto, a equipa que merecia mais
Carlos Flórido

Tópicos

O JOGO selecionou 12 atletas e equipas como autores das maiores proezas do ano e os leitores votaram nas suas preferidas em www.ojogo.pt. A equipa de andebol do FC Porto teve 5,6 por cento dos votos.

No ano civil de 2020, a equipa de andebol do FC Porto realizou 35 jogos oficiais, ganhando 27 e cedendo os únicos desaires na Liga dos Campeões, pois a nível internou fechou invicta. Se as contas abarcarem as duas épocas - será mais correto -, os números pouco mudam: 66 jogos, 51 vitórias e 10 derrotas, todas na Champions. Conquistas? Zero!

Se a pandemia tem sido ingrata com alguma equipa essa é a orientada por Magnus Andersson, que depois de uma época fantástica em 2019 - campeonato, Taça de Portugal, Supertaça e histórico terceiro lugar na Taça EHF - conseguiu ainda elevar o nível de jogo, mas ficou sem o título nacional por o Andebol 1 ter sido cancelado após o final da primeira fase (que os portistas venceram) e também perdeu as ambições europeias na secretaria. A EHF, com a Europa fechada, decidiu anular os oitavos de final , que o FC Porto jogaria frente ao Aalborg, apurando os dois primeiros de cada grupo diretamente para as finais desta semana. E os dragões, que há um ano tinham cometido a proeza de vencer em Kiel, viram de casa os alemães a festejar o título...

Feito em 2020
Nunca perdeu no campeonato 2019/20, passou aos "oitavos" na Liga dos Campeões

Ambição para 2021
Ser campeão nacional, lutar pela final-four da Champions