Jorge Jesus: "Não há multas, o próximo jantar serei eu a pagar"

Jorge Jesus: "Não há multas, o próximo jantar serei eu a pagar"

Treinador português do Flamengo destaca o profissionalismo que encontrou no clube e dá curioso exemplo.

Jorge Jesus concedeu uma entrevista ao site da Libertadores e vincou que a aventura no futebol brasileiro está a ser uma grande surpresa... pela positiva.

"O Brasil tem sido uma surpresa. Nós na Europa temos a ideia - eu não tanto, porque já trabalhei com quase 700 jogadores brasileiros - de que o jogador brasileiro não gosta de trabalhar. Que o jogador brasileiro não é bom profissional. Eu vim encontrar no Flamengo tudo ao contrário disso. Uma equipa muito unida, jogadores muito profissionais", afirmou o técnico português, dando um curioso exemplo.

"Desde que cheguei não houve um jogador que chegasse atrasado. Ninguém é multado, e eu disse assim: 'bom, o próximo jantar serei eu que vou pagar. Não há multas...' Porque as multas são para eles, para fazer jantares, para alguém que esteja com alguma dificuldade... Em Portugal e na Europa a gente faz muito isso, ajudar... Tem um caráter social. Mas aqui ninguém é multado, não há caixa (risos). O Flamengo é uma equipa que me tem surpreendido muito", vincou Jesus.