Dybala deve dizer adeus à Juventus: "Nunca teve problemas com o Cristiano"

Dybala deve dizer adeus à Juventus: "Nunca teve problemas com o Cristiano"

Irmão do avançado revela haver muitos jogadores insatisfeitos na Juventus, mas garante que craque argentino nunca teve problemas com o capitão da Seleção Nacional.

O futuro de Paulo Dybala poderá passar pela saída da Juventus e quem o garantiu foi o seu irmão. Em declarações ao programa radiofónico argentino "Futbolmiko", Gustavo Dybala assume ser muito provável a saída do camisola 10 da Vecchia Signora por estar descontente.

"Há muitas possibilidades que o Paulo deixe a Juventus. Ele precisa de uma mudança", começou por explicar Gustavo Dybala, revelando haver "vários jogadores que se sentem desconfortáveis" no emblema de Turim, que esta época se sagrou campeão pela oitava ocasião consecutiva.

Esse título foi o primeiro da Juve com Cristiano Ronaldo, cuja chegada originou muitos rumores sobre uma eventual má relação com Dybala. Um cenário que Gustavo Dybala rejeitou liminarmente: "O Paulo nunca teve problemas com o Cristiano."

Certo é que Paulo Dybala esta época esteve abaixo do que já exibiu em Turim, pois em 40 jogos, marcou 10 golos, números aquém das épocas anteriores: 26 golos em 201/718 (46 jogos), 19 em 2016/17 (48 jogos), 23 em 2015/16 (46 jogos).

Tendo um contrato válido até 2022 com a Juventus, Paulo Dybala está a ser apontado pela Imprensa espanhola como um possível substituto de Griezmann no Atlético de Madrid.