Madeira Rodrigues avança com John Terry e admite manter Peseiro

Madeira Rodrigues avança com John Terry e admite manter Peseiro

Candidato à presidência do Sporting concedeu entrevista ao canal do clube.

Pedro Madeira Rodrigues admitiu esta segunda-feira que Claudio Ranieri deixou de ser hipótese para assumir o comando técnico do Sporting caso a sua lista vença as eleições do dia 8 de setembro.

Em entrevista à Sporting TV, o candidato à presidência do clube, afirmou que José Peseiro passou a ser a solução a curto prazo. "Foi sem dúvida uma aposta de risco. O Sporting nestes dois anos tem de arriscar, não podemos ficar fora da Liga dos Campeões. Não sou jogador de casino, são apostas de conscientes. O Sporting está em primeiro, as coisas têm corrido bem. Temos dez pontos e eu aprendo muito com a história. A última vez que mandámos alguém embora demo-nos mal, com Bobby Robson, que depois foi campeão no FC Porto. Não vamos repetir erros. Mesmo para ele [Ranieri] é uma situação complicada, substituir um treinador que está em primeiro. Demos um passo atrás e vamos acreditar, um pouco como os outros seis candidatos, que Peseiro pode ser a solução para já, mas continuo a defender um perfil como Ranieri", afiançou Madeira Rodrigues, que revelou ainda ter quase assegurada a contratação do internacional inglês John Terry:

"Estou muito perto de apresentar jogadores para entrarem já para o Sporting. Se eu quisesse apresentaria hoje três jogadores. Só não anuncio porque não posso ultrapassar certos limites. Estou a negociar ao cêntimo. São estrangeiros. Um defesa-esquerdo, um ponta de lança e um grande campeão, um homem para o balneário, todos jogadores que não têm contrato", afiançou, prosseguindo. "Posso dizer um, porque já me apanharam com ele. É John Terry. um grande campeão, jogador que não vem para ganhar jogos, vem para ganhar jogos nos treinos. É um capitão sem braçadeira. É este tipo de caráter que precisamos de trazer para o Sporting. Não posso pagar-lhe o que está habituado a receber, mas acho que está muito próximo de ser nosso jogador", acrescentou o candidato à liderança do Sporting, antes de revelar que tentou assegurar Marchisio e Yaya Touré.

"Infelizmente perdemos o Marchisio, seria jogador do Sporting se eu fosse presidente na semana passada. Hoje [segunda-feira] perdemos um para o Olympiacos [Yaya Touré]", rematou.