"O caminho faz-se de altos e baixos e terminará duas vezes no Marquês"

"O caminho faz-se de altos e baixos e terminará duas vezes no Marquês"
Redação

Tópicos

Luís Filipe Vieira falou do momento do Benfica

Luís Filipe Vieira, aproveitou a presença na Gala dos nomeados dos galardões Cosme Damião, para falar do atual momento da equipa de futebol, que no espaço de uma semana perdeu por duas vezes e viu a vantagem para o FC Porto passar de sete para um ponto apenas.

""Veja-se o exemplo do futebol. Seis pontos perdidos nos últimos dois jogos. Uma diferença de sete pontos que se transformou em apenas um. Não é isso que nos fará mudar. Por muito ruído que façam os pessimistas do costume, os especialistas em dizer mal e, sobretudo, aqueles que esperam que tudo corra mal para poderem falar, a nossa determinação continua intocável. Mantemos a liderança da Liga e estamos cientes que todos os caminhos se fazem de altos e baixos. Acredito que a esta fase menos boa seguir-se-á um trajeto que culminará, por duas vezes, no Marquês de Pombal", disse o presidente do Benfica esta segunda-feira.

"Não entrámos em euforias antes, nem entramos em depressão agora. Nada estava ganho, nada está perdido. É importante continuarmos juntos. Unir esforços. Continuar a apoiar jogadores e equipa técnica para superar as dificuldades que surgirem. Com determinação e querer. É esta a nossa fibra. É este o nosso ADN. Nunca desistir, nunca baixar os braços, nunca vergar, para, no fim, vencer", disse ainda.

"Vejam-se os relatórios e estudos, que inúmeras entidades europeias têm produzido, nos quais o Benfica é praticamente o único clube, fora das cinco principais ligas, que se posiciona entre os maiores clubes europeus, numa série de indicadores de excelência. Que melhor testemunho podemos ambicionar que aquele que outros, cuja credibilidade é incontestável, dão de nós? Acredito que estamos no caminho correto e dele não nos desviaremos. Não nos desviaremos mesmo", disse também.