Volta a Portugal: Mauricio Moreira destronou Figueiredo e fez a festa final

Volta a Portugal: Mauricio Moreira destronou Figueiredo e fez a festa final
Redação

Tópicos

Glassdrive-Q8 dominou o contrarrelógio final, entre Porto e Gaia, levando o uruguaio ao triunfo que falhara há um ano devido a queda e colocando ainda António Carvalho no terceiro lugar final.

Mauricio José Moreira Guarino, de 27 anos, natural de Salto, Uruguai, ganhou a 83.ª Volta a Portugal depois de ter sido segundo há um ano, falhando o triunfo devido a uma queda no contrarrelógio do último dia. Desta vez não perdoou e venceu mesmo o contrarrelógio entre Porto e Gaia, depois de ter triunfado na Torre.

O líder da Glassdrive-Q8-Anicolor superou o seu colega Frederico Figueiredo, que entrou vestido de amarelo no contrarrelógio entre o Porto e Gaia, mas fez o sétimo tempo e ficou longe (a 1m25s) dos fantásticos 25m07s que deram o último e duplo triundo a Moreira, na marginal de Gaia.

O segundo no "crono" de 18,6 km foi António Carvalho, com 25m28s, o que lhe permitiu tirar o terceiro lugar a Luís Fernandes, da Rádio Popular-Boavista, e formar um pódio só com corredores da Glassdrive-Q8.

Na classificação final da Volta, Mauricio Moreira deixou Frederico Figueiredo a 1m09s, António Carvalho a 2m35s, Luís Fernandes a 3m44s e Alejandro Marque, que se despediu com um quinto lugar, a 5m17s.