Alfredo Quintana estável, mas em coma induzido

Alfredo Quintana estável, mas em coma induzido
Redação

Tópicos

Guarda-redes do FC Porto sofreu uma paragem cardíaca esta segunda-feira

O guarda-redes do FC Porto Alfredo Quintana encontra-se internado no Hospital São João, estável, mas em coma induzido, entubado e com prognóstico muito reservado, ao que O JOGO apurou, sendo as primeiras 24 horas decisivas, tal como os dias seguintes.

O luso-cubano sofreu uma paragem cardiorrespiratória no treino desta segunda-feira, tendo já recuperado a parte cardíaca, mas tendo um pequeno edema cerebral pelo tempo que esteve em paragem. Só mais tarde dará para perceber se ficará ou não com mazelas cerebrais.

Nascido em Havana, Quintana, de 32 anos, chegou ao Dragão em 2010, tendo sido o primeiro cubano a chegar ao andebol português pela mão do diretor José Magalhães.

Pelos azuis e brancos estreou-se a 26 de março de 2011, tendo já conquistado seis campeonatos, uma Taça de Portugal e duas Supertaças.

Pela seleção estreou-se em 2014, somando 67 internacionalizações. Recentemente representou Portugal no Campeonato do Mundo do Egito.

O guarda-redes tem contrato com o FC Porto até 2023, dizendo, quando renovou, que queria acabar a carreira pelos azuis e brancos.