Jota recorda problema cardíaco e a angústia: "Serei capaz de continuar a jogar?"

Jota recorda problema cardíaco e a angústia: "Serei capaz de continuar a jogar?"

Em entrevista à revista inglesa FourFourTwo, avançado do Liverpool Diogo Jota recordou-se da angústia que passou com problema cardíaco

Um dos principais jogadores da seleção portuguesa, o avançado do Liverpool Diogo Jota recordou um drama de saúde vivido no passado. Após marcar 39 golos em 37 jogos pelo Gondomar, o português chegou ao Paços de Ferreira, onde e, por um breve momento, temeu que a sua carreira estivesse em risco

Antes da temporada 2014-15, foi diagnosticado um problema cardíaco. "Foi um momento difícil. Teve o tipo de impacto que me fez perguntar: 'serei capaz de continuara jogar?'. Mas mantenho sempre uma mentalidade positiva nessas situações, confiando que tudo ficaria bem. Eu sabia que isso poderia significar abandonar o futebol, mas não acreditei por um segundo que isso fosse acontecer. Em Portugal, usamos a frase 'não se deve colocar a carroça à frente dos bois'", disse a FourFourTwo.

Jota revelou que passou por dias "assustadores" após alterações no eletrocardiograma. Jota rapidamente recuperou o tempo perdido e estabeleceu-se como um talentos em ascensão, chegando ao FC Porto por empréstimo do Atlético e, em seguida, mudando-se para os Wolves. Hoje brilha no Liverpool.