Premium ZOOM - Direitos internacionais da Premier League escalam e já há receios

ZOOM - Direitos internacionais da Premier League escalam e já há receios

A nova fórmula de divisão das verbas geradas pelos acordos internacionais dos direitos de televisão da Premier League entra em vigor a partir da próxima época. O jornal The Telegraph fez as contas e abre-se um fosso pouco olímpico entre os seis maiores emblemas e os restantes. Os valores, parciais e totais, são astronómicos.

Após a atual temporada, com a entrada no novo ciclo 2019-22, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham - os "big six" ingleses - serão os maiores beneficiados pela nova fórmula de distribuição das receitas dos direitos internacionais de televisão, acabando a partilha igualitária, que existe desde que a Premier League foi fundada, em 1992.