Garantem que o Chelsea devolve Higuaín à Juventus e apresentam a explicação

Garantem que o Chelsea devolve Higuaín à Juventus e apresentam a explicação

Finalistas da Liga Europa não vão acionar a opção de compra presente no empréstimo porque o avançado defraudou as expectativas

A passagem de Higuaín pelo Chelsea chegou ao fim, pois o "Daily Mail" adianta que o avançado vai ser devolvido à Juventus. De acordo com o jornal inglês, os dirigentes dos Blues vão anunciar essa decisão após a final da Liga Europa, marcada para o próximo dia 29 em Baku, e onde defronta o Arsenal.

Na base desta decisão está o fraco rendimento do internacional argentino nos londrinos, pois em 17 jogos marcou apenas cinco golos. Os números não correspondem ao investimento feito pelo clube na sua contratação: o empréstimo custou 9 M€, o jogador tem um salário semanal na casa dos 300 mil euros. Tendo em conta tudo isto, o Chelsea não está disposto a acionar a cláusula para estender o empréstimo fixada nos 18 M€ e muito menos exercer a oção de compra de 36,1 M€.

Sempre segundo o "Daily Mail", a devolução de Higuaín à Juve é para manter mesmo que o Chelsea veja rejeitado pelo Tribunal Arbitral do Desporto o recurso que apresentou contra a decisão da FIFA que o impede de contratar jogadores até à janela de transferências de julho de 2020.

Recorde-se ainda que na primeira metade desta época, Higuaín esteve emprestado pela Juve ao AC Milan e também aí defraudou: 8 golos em 22 jogos.