Dani Alves muda versões da história e a atitude não está a agradar à juíza

Dani Alves muda versões da história e a atitude não está a agradar à juíza
Redação

De acordo com o canal TV3, o internacional brasileiro já deu três versões diferentes sobre a sua relação com a jovem que o acusa de a ter violado numa discoteca em Barcelona, nos finais de dezembro.​​ Para além disso, a atitude "narcisista" do lateral direito também não tem agradado à juíza.

Detido preventivamente na sexta-feira após ter-se apresentado numa esquadra em Barcelona para prestar depoimentos sobre uma acusação de agressão sexual apresentada por uma jovem contra si, as mais recentes novidades do caso que se abateu sobre Dani Alves não abonam a favor do jogador, de 39 anos.

De acordo com o canal TV3, o internacional brasileiro, que foi imediatamente encarcerado devido ao risco de fuga que apresentava, confirmou a sua presença na discoteca durante a noite onde aconteceu o alegado abuso, ainda que garanta que esteve pouco tempo e negue ter violado a jovem.

No entanto, o relato do lateral direito foi considerado "contraditório" pela juíza, tendo em conta os depoimentos prestados por testemunhas.

Outro dado que não abona a favor de Dani Alves é o facto de já ter dado três versões diferentes sobre a sua relação com a jovem denunciante, de 23 anos. Primeiro disse que não a conhecia, depois que a tinha visto mas não haviam interagido e, por fim, que terá sido ela a "atirar-se" a ele.

A atitude do jogador é mais um fator que o tem prejudicado, com a mesma fonte a assegurar que Dani Alves tem exibido um comportamento "narcisista" perante a juíza encarregue do caso, mostrando total confiança na sua inocência.