Adeptos do Liverpool apresentam queixa contra a UEFA pela final da Champions

Adeptos do Liverpool apresentam queixa contra a UEFA pela final da Champions
Redação

Incidentes atrasaram o início do jogo e alguns adeptos nem conseguiram entrar no estádio

A última final da Champions, entre Liverpool e Real Madrid, ficou marcada por incidentes que atrasaram o início da partida. Na sequência do sucedido, um grupo de mais de 1800 adeptos dos reds vai avançar com uma queixa contra a UEFA, já que alguns foram agredidos pelas forças de segurança e outros, tendo bilhete, nem conseguiram entrar no estádio.

A queixa baseia-se em alegada "quebra de contrato" em relação à venda de bilhetes e "negligência" na obrigação de segurança para os espectadores.

O jogo disputou-se no Stade de France, a 28 de maio e os merengues saíram vencedores. O Liverpool já tinha recolhido 850 testemunhos, no âmbito de uma investigação decidida pela UEFA.