Ronaldo reage: "Não posso permitir que continuem a brincar com o meu nome"

Ronaldo reage: "Não posso permitir que continuem a brincar com o meu nome"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Alcides Freire

Craque português reage ao facto do seu nome ser constantemente associado a diversos clubes

No dia em que foi noticiado, em diversos meios de comunicação europeus, que teria pedido para ser transferido para o Manchester City; e viu Ancelotti desmentir um possível regresso ao Real Madrid, Ronaldo reagiu ao facto do seu nome ser constantemente associado a diversos clubes. "Não posso permitir que as pessoas continuem a brincar com o meu nome", pode ler-se num texto publicado, em inglês, em diversas redes sociais.

"Estou agora a quebrar o meu silêncio para dizer que não posso permitir que as pessoas continuem a brincar com o meu nome. Continuo concentrado na minha carreira e no meu trabalho, empenhado e preparado para todos os desafios que tenho de enfrentar. Tudo o resto? Tudo o resto é apenas conversa", pode ler-se na parte final do texto.

"Qualquer pessoa que me conheça está ciente de estou concentrado no meu trabalho. Menos conversa e mais ação, este tem sido o meu lema desde o início da minha carreira. No entanto, tendo em conta tudo o que foi dito e escrito recentemente, tenho de expor a minha posição", começou por referir o craque português, assinalando depois o que considera episódios de "desrespeito".

"Mais do que o desrespeito por mim como homem e como jogador, a forma frívola como o meu futuro é coberto pelos media é desrespeitosa para com todos os clubes envolvidos nesses rumores, bem como para com os seus jogadores e pessoal", defende Ronaldo.

Uma parte importante do texto publicado é dedicado aos rumores de um eventual regresso ao Real Madrid. "A minha história no Real Madrid já foi escrita. Foi gravada. Em palavras e números, em troféus e títulos, em recordes e em manchetes. Está no Museu do Estádio Bernabeu e está também na mente de todos os adeptos do clube. E para além do que consegui, lembro-me que naqueles nove anos tive uma relação de profundo afeto e respeito pela "afición merengue", um afeto e respeito que mantenho até aos dias de hoje, e que sempre acarinharei", fez notar.

"Sei que os verdadeiros fãs do Real Madrid continuarão a ter-me nos seus corações, e eu tê-los-ei no meu. Para além deste episódio mais recente em Espanha, tem havido notícias e histórias frequentes que me associam a vários clubes em muitas Ligas diferentes, sem que ninguém se preocupe em tentar descobrir a verdade real", acrescentou Ronaldo.