Operação Fora de Jogo: PGR confirma buscas a clubes, SAD, dirigentes e agentes

Operação Fora de Jogo: PGR confirma buscas a clubes, SAD, dirigentes e agentes
Redação com Lusa

Procuradoria-Geral da República também emitiu comunicado sobre a megaoperação levada a cabo esta quarta-feira.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) emitiu esta quarta-feira um comunicado que confirma a realização de buscas em diversas sociedades de clubes de futebol, dirigentes, escritórios de advogados e agentes intermediários, no âmbito da Operação Fora de Jogo.

"No âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e cuja investigação está a cargo da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), estão em curso 76 buscas, inclusive, domiciliárias, designadamente, em diversos clubes de futebol, respetivas sociedades e dirigentes, escritórios de advogados e agentes intermediários", refere a PGR, em comunicado que sucede ao que tinha sido emitido pelo Fisco.

Segundo a mesma fonte, que não especifica quais as sociedades desportivas que estão a ser investigadas, em causa estão "factos suscetíveis de integrarem a prática de crimes de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais".

Contudo, O JOGO confirmou que Benfica, FC Porto, Sporting, Braga, Vitória de Guimarães, Marítimo e Portimonense foram alvos de buscas, numa operação que envolve 300 operacionais.