Sporting vai pagar ao FC Porto pela transferência de Diogo Abreu

Sporting vai pagar ao FC Porto pela transferência de Diogo Abreu
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Leões evitam braço de ferro e avançam com o valor que lhe foi pedido pelo rival.

O Sporting vai pagar 1,3 milhões de euros de compensação ao FC Porto pela ida do médio Diogo Abreu para Alvalade, numa transferência já há vários meses noticiada.

Em causa está um mecanismo previsto no regulamento geral da Liga, concretamente no capítulo II - "Compensação pela formação, promoção ou valorização" - e no contrato de trabalho com o Sindicato dos Jogadores. Quando um jogador com idade inferior a 24 anos (Diogo tem 19) não aceita uma renovação e se vincula a um clube distinto do formador, este tem o direito de pedir uma indemnização, que no processo submetido pelos dragões foi fixado em 1,3 milhões de euros.

Para o pedido ser válido, é necessário que o clube tenha manifestado, até 31 de maio do ano em que o contrato termina, a intenção de prolongar o vínculo, e seja enviado um comprovativo dessa proposta à liga e ao sindicato, até 11 de junho.

Diogo Abreu vai trabalhar com a equipa principal, tudo o indica, e terá alguns minutos de competição, mas sempre que Rúben Amorim considerar pertinente irá atuar pela equipa B. Aliás, o jogador alimenta a esperança de estar presente já no estágio de pré-temporada que os leões vão realizar no Algarve.

O médio ainda não foi oficialmente apresentado porque o seu contrato com o FC Porto só termina no dia 30 deste mês.

Na temporada transata, Diogo Abreu fez onze partidas pelos sub-19 e nove pela equipa B. No total apontou nove golos, oito nos juniores e um nos "bês".