Sporting perde processos na FIFA contra Rafael Leão e Rúben Ribeiro

Sporting perde processos na FIFA contra Rafael Leão e Rúben Ribeiro
Redação

Tópicos

O Sporting perdeu os processos que estavam a ser analisados pela FIFA, relativos às rescisões unilaterais de Rafael Leão e Rúben Ribeiro.

O Sporting anunciou esta quarta-feira ter perdido os processos relativos às rescisões unilaterais de Rafael Leão e Rúben Ribeiro, que estavam a ser analisados pela FIFA.

Recorde-se que os leões reclamavam 45 milhões de euros por Rafael Leão (valor da cláusula) e 62,1 por Rúben Robeiro em ações que envolviam o Lille e o Al Ain, clubes para o quais foram e que tinham de assumir solidariedade no pagamento em caso de perda. Recorde-se que Rúben exigia, por seu turno, 2,2 milhões ao Sporting. Com esta decisão, nem jogador, bem clube recebem.

Sobre Leão, o clube lisboeta refere que "a FIFA declara que o pedido da Sporting CP, SAD é inadmissível, mas não aprecia o mérito".

Comunicado do Sporting

"A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD (Sporting CP, SAD) informa que foi hoje notificada das decisões proferidas pela FIFA nos dois processos em assunto.

Não são ainda conhecidos os fundamentos das decisões.

No caso do Rafael Leão, a FIFA declara que o pedido da Sporting CP, SAD é inadmissível, mas não aprecia o mérito.

No caso do Rúben Ribeiro, aceita apreciar o mérito e considera que o jogador teve justa causa para resolver o contrato, mas não atribui a nenhuma das partes o direito a receber qualquer compensação.

A Sporting CP, SAD já solicitou os fundamentos de cada uma das decisões para os analisar aprofundadamente e preparar os competentes recursos para o TAS"

"