Sporting não quer mudar a data do jogo com o V. Setúbal e explica os motivos

Sporting não quer mudar a data do jogo com o V. Setúbal e explica os motivos

Plantel sadino está a contas com um surto de gripe e voltou a não treinar esta quinta-feira.

Vítor Hugo Valente, presidente do Vitória de Setúbal, afirmou esta quinta-feira que o Sporting não se mostrou recetivo a uma mudança de data para o encontro da ronda 16 do campeonato, tendo em conta o surto de gripe que afetou o plantel sadino. O clube de Alvalade reagiu através de uma nota enviada à Comunicação Social.

"Os calendários de competições estão sobrecarregados e inviabilizam que o Sporting possa anuir ao pedido de adiamento da próxima jornada feito pelo Vitória Futebol Clube", surge escrito. "A data indicada pelo Vitória Futebol Clube como alternativa surge num momento em que o Sporting Clube de Portugal vem de um jogo em Braga, depois de receber o Sport Lisboa e Benfica, jogar a final four da Allianz Cup (Taça da Liga) em Braga e receber o Marítimo (jogo que está dependente da prestação na Allianz Cup e poderá obrigar a nova marcação). Posteriormente à data proposta, existe a receção ao Portimonense, seguida de uma deslocação ao terreno do Rio Ave. A semana seguinte será de competições europeias", acrescenta.

Eis a explicação na íntegra:

"1 - O Sporting Clube de Portugal lamenta os casos clínicos que afetam o plantel do Vitória Futebol Clube.

2 - Os calendários de competições estão sobrecarregados e inviabilizam que o Sporting CP possa anuir ao pedido de adiamento da próxima jornada feito pelo Vitória Futebol Clube.

3 - A data indicada pelo Vitória Futebol Clube como alternativa surge num momento em que o Sporting Clube de Portugal vem de um jogo em Braga, depois de receber o Sport Lisboa e Benfica, jogar a Final Four da Allianz Cup em Braga e receber o CS Marítimo (jogo que está dependente da prestação na Allianz Cup e poderá obrigar a nova marcação). Posteriormente à data proposta, existe a receção ao Portimonense SC, seguida de uma deslocação ao terreno do Rio Ave FC. A semana seguinte será de competições europeias.

4 - Atendendo à planificação feita e à importância da continuidade de bons desempenhos das equipas Portuguesas nas provas da UEFA, com manifestos benefícios para o futebol português, o Sporting Clube de Portugal não pode correr o risco de chegar a esses momentos com os seus jogadores competitivamente sobrecarregados e com riscos acrescidos de lesões.

5 - Devido à experiência do Sporting Clube de Portugal em casos similares, e ainda sem conhecer com profundidade os casos clínicos noticiados, confiamos que até à hora do apito inicial, muitos dos casos dos jogadores do plantel do Vitória Futebol Clube serão solucionáveis, razão pela qual reiteramos a nossa vontade e disponibilidade para o jogo marcado para o próximo sábado".