Sentença de Rafael Leão deverá chegar em duas semanas e Milan aguarda

Sentença de Rafael Leão deverá chegar em duas semanas e Milan aguarda

Decisão do Tribunal Arbitral do Desporto de Lausana, esperada para breve, pode corresponsabilizar o Lille no pagamento de 16,5 M€. O Milan tem acordo para ampliação do contrato até 2026 com o avançado, com melhoria salarial de 1,4 para os 4 M€/ano, mas aguarda pelo desfecho do processo para ver se tem de "ajudar" o jogador.

O processo que opõe o Sporting a Rafael Leão e ao Lille, no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) de Lausana, deverá ser decidido nas próximas duas semanas. Pelo menos essa é a expetativa do Sporting e também do Milan, atual clube do avançado que aguarda precisamente pelo desfecho do caso para renovar com o jovem atacante.

O processo em causa, recorde-se, visa responsabilizar por solidariedade o clube francês antes mencionado, pelo qual Rafael Leão assinou em 2018 depois de rescindir unilateralmente com os leões após o ataque de membros das claques à Academia, de forma a que também seja responsabilizado pelo pagamento da indemnização de 16,5 milhões de euros ao Sporting, já decretada pelos tribunais portugueses.

A verba em questão foi determinada pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) de Portugal, num processo em que o Sporting pedia 45 milhões de euros de indemnização. Leão apresentou recurso no Tribunal da Relação de Lisboa, que foi indeferido. O Sporting pediu a mesma quantia num processo que a FIFA declinou julgar. Seguiu-se, em maio de 2020, o processo no TAS, no qual o Sporting reiterou o pedido feito à FIFA, mas desta envolvendo a corresponsabilização do Lille.

O Milan está encantado com Leão e tem acordo para a renovação até 2026, com aumento de 1,4 para 4 milhões de euros por ano com bónus. No entanto, aguarda pelo processo para perceber se tem de "ajudar" o jogador.