Pedro Mendes quer sair do Sporting: perceba os motivos

Pedro Mendes quer sair do Sporting: perceba os motivos
Vítor Rodrigues

Tópicos

Avançado não tem entrado nas opções de Rúben Amorim e tem nos seus planos deixar Alvalade.

O Sporting está a intensificar a aposta em jogadores jovens, formados em Alcochete, numa mudança de paradigma que visa dotar o plantel de mais trunfos de qualidade com menos investimento em transferências, até a pensar na próxima época. Porém, este novo rumo não abrangeu ainda toda a matéria prima à disposição de Rúben Amorim, como é o caso de Pedro Mendes, avançado de 20 anos que, segundo O JOGO apurou, tem nos seus planos deixar o clube de Alvalade na próxima temporada.

A falta de utilização é o principal argumento que ajuda a explicar a expectativa do jovem jogador que foi promovido em janeiro ao plantel principal, mas já antes tinha tido esporádicas aparições no onze então orientado por Jorge Silas em jogos da Liga Europa. Desde que foi "contratado" em definitivo aos sub-23 leoninos, no qual era o rei dos artilheiros (soma 15 golos em 21 jogos), Pedro Mendes apenas foi lançado num total de 75 minutos, divididos por sete partidas. Nestas, apenas uma sob o comando de Rúben Amorim, quando entrou aos 88', na receção ao Tondela. Antes da viragem do ano, o camisola 55 foi lançado em 126 minutos, sempre em jogos da Liga Europa, um deles a titular (LASK Linz), e marcou um golo, ao PSV, em Eindhoven.

A chegada de Sporar, contratado perto do final de janeiro, reduziu-lhe ainda mais o espaço, tendo na altura Pedro Mendes tido a possibilidade de sair por empréstimo. Reading, de Inglaterra, e Almeria, de Espanha, pediram o seu empréstimo, com compra obrigatória de 10 milhões de euros em caso de subida de divisão, algo que os espanhóis ainda estão a tentar alcançar. Os responsáveis leoninos recusaram a saída do goleador.

Quando foi promovido em definitivo ao plantel principal, Pedro Mendes recebeu a promessa de renovação contratual, que significaria um aumento salarial do vínculo que expira em 2022. Nenhum passo foi dado nesse sentido e esta é outra razão que pesa na avaliação que o dianteiro está a fazer ao seu futuro.