Nuno Mendes: o novo ordenado no Sporting e os colossos que seguem o lateral

Nuno Mendes: o novo ordenado no Sporting e os colossos que seguem o lateral
Rui Miguel Gomes

Tópicos

Novo contrato tem um vencimento que começa nos 400 mil euros brutos e aumenta cerca de 100 mil euros/ano até 2025.

Nuno Mendes e o Sporting, pela pessoa do presidente Frederico Varandas, oficializaram na quarta-feira o novo vínculo laboral do defesa-esquerdo, o qual permite aumentar o ordenado do atleta de 18 anos e a cláusula de rescisão para 70 milhões de euros (M€).

É precisamente na questão do vencimento que o novo acordo apresenta uma progressividade em termos de valores. Assim, segundo O JOGO apurou, por cada ano de contrato que Nuno Mendes tem com o Sporting, ou seja até 2025, terá um aumento do vencimento bruto na ordem dos 100 mil euros, ele que atualmente vai ficar nos 400 mil euros brutos por temporada, como oportunamente noticiámos.

Este foi, de acordo com informações recolhidas pelo nosso jornal, um dos pressupostos que maior debate negocial provocou entre Frederico Varandas e o agente Miguel Pinho. Do lado do Sporting, mais do que prolongar a duração de um contrato que tinha sido assinado em junho último, estava a necessidade de subir a cláusula de 45 M€ para um montante, no mínimo, de 60 M€, isto devido ao assédio de que o lateral-esquerdo tem vindo a ser alvo.

Da parte do atleta, naturalmente que esse aumento só era admitido caso o vencimento atingisse valores mais robustos, adequados ao estatuto de titular, que tem atualmente na equipa comandada por Rúben Amorim. Recorde-se que, além da recente oferta de 22 M€ do Liverpool por Nuno Mendes, clubes como o Real Madrid, Juventus, Inter de Milão, AC Milan e Manchester United têm vindo a seguir o internacional Sub-21 luso.