Movimento avisa: "A AG de destituição é uma realidade, vai acontecer"

Movimento avisa: "A AG de destituição é uma realidade, vai acontecer"

Movimento "Dar futuro ao Sporting" deixou aviso à direção liderada por Frederico Varandas.

A onda de contestação a Frederico Varandas continua e, através das redes sociais, o movimento "Dar futuro ao Sporting" deixou um aviso à atual Direção do clube.

Depois de, no domingo, terem estado no Estádio de Alvalade a recolher assinaturas, os elementos do referido movimento agradeceram "a presença de milhares de sportinguistas, que educadamente e democraticamente se manifestaram contra" a Direção. Logo depois, é lançado um aviso sobre uma possível Assembleia Geral destitutiva:

"A AG de destituição é uma realidade, vai acontecer, custe o que custar, doa a quem doer", pode ler-se no Facebook, numa publicação em que são denunciados "episódios vergonhosos" que ocorreram no domingo.

"Quando o Alvaláxia se encontrava ao rubro com centenas de pessoas à espera para assinar o pedido de destituição, somos expulsos deste local onde estávamos inclusive a consumir (de forma a não existir qualquer razão para o abandono do local), atuando com educação e respeito e, acima de tudo, a exercer o nosso direito de livre associação constitucionalmente previsto no artigo 46 da Constituição Portuguesa. Ora, tal é no mínimo curioso, visto que nos encontrávamos no Alvaláxia há algumas horas com total conhecimento da equipa de segurança do local, visto que tivemos o cuidado de informar o que iríamos fazer, sendo que não houve qualquer impedimento por parte da mesma. Já no estádio foi proibida a entrada de uma tarja, que apenas dizia: "Emanuel", alusiva a um fervoroso sócio que infelizmente faleceu, e que estava sempre presente em nossa casa. Não há palavras para as atitudes completamente discriminatórias, levadas a cabo por esta direção", assinala o "Dar futuro ao Sporting".