Um milhão de euros a separar Fábio Coentrão do Sporting

Um milhão de euros a separar Fábio Coentrão do Sporting
Bruno Fernandes/Duarte Tornesi/Filipe Alexandre Dias

Tópicos

Lateral tem o desejo de regressar a Alvalade a custo zero, mas desacordo de verbas com o Real está a atrasar a desvinculação.

Fora dos planos de Julen Lopetegui no Real Madrid, Fábio Coentrão está em conversações com a SAD do Sporting para selar um regresso ao clube do coração, onde jogou na temporada passada por empréstimo dos merengues. Segundo o que O JOGO apurou, a chegada do lateral está dependente da sua desvinculação do emblema madrileno, com o qual tem contrato até junho de 2019. No entanto, e apesar do jogador fazer parte da lista de "dispensados", esta negociação não tem sido fácil devido a um desacordo de verbas entre as partes.

Na capital espanhola, Coentrão aufere quatro milhões de euros livres de impostos por ano e pretende receber a totalidade dessa quantia quando assinar a rescisão. Contudo, sabe o nosso jornal, o campeão europeu só está disposto a pagar três milhões de euros ao jogador, cenário que tem deixado a desvinculação "presa" por um milhão de euros. A intenção do jogador passa por fazer um "forcing" para resolver esta situação até 31 de agosto - dia do encerramento do mercado - e ficar livre para cumprir o seu desejo de assinar pelo Sporting a custo zero.

Recebido no início da última época como um herói pelos adeptos leoninos, que nunca pouparam nas manifestações de carinho pelo ex-Benfica, Coentrão disputou 44 jogos com o leão ao peito e, mesmo com alguns problemas físicos à mistura, tornou-se peça importante no esquema de Jorge Jesus, em 2017/18. Os automatismos com Ristovski, Coates, e Mathieu, bem como a sua experiência, são encarados como mais-valias por José Peseiro, que já fez saber à sociedade anónima o seu desejo de contar com um lateral-esquerdo indiscutível face às exibições menos conseguidas de Jefferson neste início de época. Lumor, outra opção para a posição, nem tem sido convocado e pode estar de saída.