Keizer admite: "Temos de ter um plantel maior para estes dois meses"

Keizer admite: "Temos de ter um plantel maior para estes dois meses"

Treinador holandês fez a antevisão ao jogo com o Moreirense, o primeiro da segunda volta

Jogo com o Moreirense: "O Sporting precisa de jogar muito bem. O Moreirense é uma boa equipa, joga muito bem, defende muito bem, com jogadores próximos uns dos outros, fechados. Vai ser um jogo difícil, um desafio"

Se pudesse, fechava o mercado já ou espera receber mais jogadores? "Queremos equipa o mais forte possível. Sempre que houver oportunidade de contratar, queremos. O resto não depende de mim. Temos de ver o que acontece."

Sporting nunca foi campeão com diferença tão grande para o primeiro nesta altura: "Não é altura de falar disso. Agora há que falar de jogar futebol e ganhar jogos. Temos de lutar até ao fim e ver o que acontece."

O Sporting tem o plantel fechado? "É difícil falar do mercado. Vamos ver o que acontece. Espero que os jogadores fiquem e, se houver oportunidade, que venham mais jogadores."

Desgaste do onze inicial: "É a competição que temos na equipa. Os jogadores treinam bem, trabalham bem. Jogaram bem no último jogo. Precisamos de muitos bons jogadores porque há muitos jogos para jogar."

Jogadores em risco de exclusão por acumulação de amarelos: "Sabemos quem tem amarelos, já estivemos nesta situação, o Acuña foi suspenso. Jogou antes do jogo com o FC Porto. O Moreirense é um jogo difícil, queremos jogar e não vamos pensar em cartões."

Precisa de mais soluções para a equipa? "Temos de ter um plantel maior para estes dois meses e só falo destes dois meses, em que há muitos jogos. Mas não posso falar muito sobre o mercado. Precisamos de um plantel grande para jogar de três em três dias. É uma tarefa difícil, mas até agora têm cumprido bem."

Sem sofrer golos há dois jogos. Descobriu equilíbrio defensivo? "Temos pouco mais dois meses de trabalho. Para construir uma equipa a maioria dos treinadores precisa de um par de anos. Em dois meses não se pode esperar que os jogadores saibam tudo. Têm estado bem, mas tem de ser passo a passo. Estamos melhores, mas nos últimos dois jogos só marcámos dois golos, devíamos ter marcado mais. Criámos oportunidades. Nunca disse que defender não é importante. Mas quem ataca muito, por vezes sofre. Para mim o mais importante é ganhar."

Idrissa Doumbia: "Treinou duas vezes. Chegou cansado das viagens. Não jogou desde meio de dezembro, temos de o colocar em forma o mais rápido possível."