"Tentámos de tudo para ter o Iker Casillas, mas não foi possível"

"Tentámos de tudo para ter o Iker Casillas, mas não foi possível"

Adjunto de Sérgio Conceição no FC Porto revela que o treinador fez da presença do espanhol perto do grupo "uma prioridade".

Iker Casillas foi uma figura muito presente nas conquistas do FC Porto na última temporada. Mesmo sem jogar e já sem contrato com os dragões, o espanhol marcou presença nos festejos do campeonato e até levantou a Taça de Portugal.

Nas redes sociais, surgiu um movimento de forma a que Casillas pudesse jogar pelo menos um minuto, de forma a sagrar-se campeão de forma oficial e, de acordo com Siramana Dembélé, adjunto de Sérgio Conceição, o clube azul e branco "tentou de tudo" para que fosse possível.

"Tentámos tudo com o Iker, mas não foi possível", revelou Dembélé, em entrevista ao site do jornalista Rémi Martins. O técnico explica ainda que Conceição quis manter o ex-guarda-redes perto do plantel:

"O Iker é uma lenda do futebol mundial. Tivemos a sorte de poder partilhar isto com ele depois de tudo o que se passou com o seu problema cardíaco e também com o problema de saúde da sua mulher. Era justo tê-lo connosco para levantar os troféus porque fez crescer e evoluir este grupo. O treinador fez da sua presença uma prioridade. Ele tem a inteligência de não ser muito intrusivo, mas consegue ser muito presente para acompanhar os jogadores", rematou Dembélé.

Casillas, recorde-se, não voltou a jogar depois de sofrer um enfarte durante um treino do FC Porto em maio de 2019.