Milan ainda conta euros por Corona: caso do mexicano está num impasse

Milan ainda conta euros por Corona: caso do mexicano está num impasse

Os italianos não querem gastar mais de 10 milhões de euros num reforço para a direita e os dragões recusam transferir o mexicano por esse valor.

À medida que o tempo para o fecho da janela de transferências vai escasseando, as hipóteses de Corona deixar o Dragão diminuem, até porque a aproximação entre o FC Porto e o Milan nas últimas horas foi muito pouca.

Os italianos não querem gastar mais de 10 milhões de euros num reforço para a direita e os dragões recusam transferir o mexicano por esse valor. A bola está, como sempre, do lado do clube de San Siro, que também não tem tido sorte a negociar com as alternativas a Tecatito. Segundo a Imprensa local, os "rossoneri" fizeram uma oferta na mesma quantia por Faivre, do Brest, mas Grégory Lorenzi, diretor-desportivo do clube, disse não a ter aceite.

O caso Corona está, assim, num impasse e não se sabe como acabará. O extremo não foi convocado com o Arouca, mas no final do jogo esteve no balneário com Marchesín.