Nuno Espírito Santo deixa o FC Porto

Nuno Espírito Santo deixa o FC Porto
José Manuel Ribeiro

Tópicos

Terminou a era Nuno Espírito Santo no FC Porto. Treinador rescinde o contrato que o ligava ao clube por mais uma temporada.

Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico rescindiu o contrato que o ligava ao clube por mais uma temporada, terminando assim uma ligação que durou uma época. A despedida deu-se em Moreira de Cónegos, onde os dragões perderam por 3-1 no último jogo do campeonato.

Segundo O JOGO apurou, Nuno Espírito Santo abdicou do segundo ano de contrato na totalidade, recebendo apenas os salários referentes até ao próximo dia 30 de junho.

Nuno chegou ao Dragão com o objetivo de devolver o FC Porto aos títulos, mas não foi bem-sucedido. Conseguiu, diga-se, atingir a primeira grande meta da temporada, com a entrada na fase de grupos da Liga dos Campeões, depois de eliminar o Roma, de Itália, no play-off. Atingido esse patamar, conseguiu marcar presença nos oitavos de final da prova milionária, onde caiu aos pés da Juventus, agora finalista, juntamente com o Real Madrid.

Na Taça de Portugal, onde FC Porto procurava repetir a presença de 2015/16 no Jamor, caiu na quarta eliminatória, em Chaves, no desempate por grandes penalidades. Já na Taça da Liga, a participação foi muito modesta: não passou da fase de grupos e apenas conseguiu dois empates em três jogos.

O sonho que alcançar o título de campeão durou até à penúltima jornada, ronda onde o Benfica se sagrou tetracampeão português. Os empates caseiros com Vitória de Setúbal e Feirense comprometeram seriamente a conquista do título. Contra os sadinos, o FC Porto falhou mesmo a oportunidade de assumir a liderança na 26ª jornada.