FC Porto: saída de Alex Telles abre porta à contratação de lateral e extremo

FC Porto: saída de Alex Telles abre porta à contratação de lateral e extremo
André Morais

Tópicos

Os red devils querem evitar leilão e estudam oferta. "Timing" preocupa dragões, até porque a venda do jogador obriga à contratação de uma opção. Sérgio conta com o lateral para o dérbi do Bessa

Ainda sem certezas em relação ao futuro de Alex Teles, o FC Porto está preocupado essencialmente com o "timing" de um potencial negócio, porque Sérgio Conceição pretende um substituto para o jogador e a ida ao mercado será tanto mais difícil quanto mais tarde o brasileiro possa sair.

Se isso acontecer, a SAD atacará também um extremo, essencialmente porque fica com a bolsa mais folgada e Conceição quer mais um criativo, mas não só. Mas já lá vamos.

Neste momento mantêm-se as dúvidas, porque por mais que cresçam os rumores, a SAD do FC Porto, sabe O JOGO, não recebeu ainda qualquer proposta recente pelo lateral. Isto apesar de já não restarem dúvidas de que o Manchester United está interessado.

Nos últimos dias, a Imprensa inglesa garantiu que o United fará esta semana uma proposta formal. E ontem foi o jornal "The Guardian", um dos mais reputados do país, a pegar no tema de forma consistente, o que reforça o ataque dos ingleses. O valor de 25 milhões de euros será o máximo que o United admite pagar. De acordo com esta publicação, o jogador também está confiante que esta semana trará novidades maiores.

Fontes conhecedoras do processo garantem ao nosso jornal que as conversas decorrem há algum tempo e estão já numa fase avançada, que antecede a tal proposta que os dragões aguardam. O clube onde jogam Diogo Dalot e Bruno Fernandes quer evitar leilões e agilizar o reforço do plantel, especialmente depois de ter perdido Reguilón para o Tottenham. Além disso, o mau arranque na Premier League (derrota em casa com o Crystal Palace) obriga a uma resposta.

Um extremo de valor depois do lateral

O Manchester não será a última porta para Alex Telles. Ontem, o "Calciomercato" falou da Juventus, antes tinha sido do Atlético de Madrid, e, recentemente, o PSG, que em março quis o portista, perdeu Bernat por lesão e Kurzawa por castigo. Mas faltam três semanas para o mercado fechar e o FC Porto sabe que terá de o atacar em força e de forma cirúrgica para encontrar uma nova solução para a esquerda.

Há Zaidu, mas o ex-Santa Clara jogava há 16 meses no CdP e não pode ser opção única, apesar dos indícios prometedores que deixou como extremo no jogo com o Braga. Há ainda a possibilidade de Manafá ser desviado, mas Conceição prefere não ter de o fazer. Daí que um novo lateral seja mesmo para contratar, embora sem entrar em loucuras.

Com o dinheiro de Alex Telles, a SAD vai também atacar um novo extremo, posição para a qual tem alguns jogadores referenciados. Além disso, Corona pode ser opção para lateral em alguns jogos, pelo que o lugar não é vasto em opções, especialmente em jogadores mais verticais, com tendência a jogar por fora e não tanto por dentro, como Otávio, Fábio Vieira, Nakajima ou Romário fazem.

Sérgio conta com o goleador para o Bessa

Enquanto nada se define, o FC Porto começa hoje a preparar o dérbi do Bessa. E Conceição conta com Alex Telles. Na época passada, o lateral resolveu o jogo com um potente remate de fora da área. Na segunda volta, no Dragão, também marcou, mas de penálti.