FC Porto SAD anuncia empréstimo obrigacionista

FC Porto SAD anuncia empréstimo obrigacionista

Ofertas decorrem entre 10 e 21 de maio

A FC Porto vai lançar um empréstimo obrigacionista, destinado ao público em geral, com montante inicial de 35 milhões de euros e uma taxa de juro bruta de 4,75%. O valor poderá ser aumentado por opção da FC Porto SAD até ao dia 18 de maio de 2021, inclusive. A oferta decorre entre os dias 10 e 21 de maio.

O preço de subscrição é de cinco euros por Obrigação, com um montante mínimo de subscrição de 1.500 euros (300 Obrigações).

O montante máximo de Obrigações que pode ser subscrito por cada investidor está limitado ao montante máximo das Obrigações oferecidas à subscrição e está sujeito ao processo de rateio, caso a procura exceda a oferta.

Recorde-se que em meados de abril, o administrador da SAD portista, Fernando Gomes, anunciara que em maio surgiria num novo empréstimo. "A administração do FC Porto conseguiu congregar os meios indispensáveis para pagar nos próximos dias os 35 milhões de euros que foram adiados há um ano. Mesmo com a banca fechada para este tipo de apoio, o FC Porto conseguiu os meios indispensáveis para pagar os 35 milhões nos primeiros dias do mês de maio e simultaneamente ir ao mercado lançar um novo empréstimo obrigacionista de 35 milhões, com uma taxa de juro incrementada. Não posso dizer exatamente a data, mas seguramente na primeira semana do mês de maio."

"Esperamos que tudo corra bem e depois vamos ao mercado colocar mais 35 milhões. Os empréstimos obrigacionistas totais do FC Porto são, neste momento, 70 milhões e queremos que eles se mantenham assim, em duas tranches de 35. O que acontecerá é que, por via do adiamento de um ano do primeiro, temos as datas de ambos a coincidirem. Um deles será de dois anos e meio para não coincidirem", disse ainda a 19 de abril.