Boas exibições não alteram destino de Osorio: confira quanto pede o FC Porto

Boas exibições não alteram destino de Osorio: confira quanto pede o FC Porto
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Venezuelano alinhou de início com Tondela, Farense e Nacional e deixou boas indicações nos últimos dois. No entanto, Otamendi mantém-se como o preferido para se juntar ao lote de centrais

Chamado para atenuar a falta de opções para o centro da defesa durante a semana de seleções, Osorio surgiu num plano bastante agradável durante os particulares em que Sérgio Conceição lhe deu uma oportunidade para jogar, mas as exibições não alteram o destino que lhe estava traçado inicialmente.

Os planos do FC Porto nesta fase passam por rentabilizar o central que esteve cedido ao Zenit, clube que se refugiou num detalhe burocrático para fintar a cláusula de compra que estava fixada no acordo de empréstimo. Por isso, a venda é o único cenário equacionado a três semanas de encerrar o mercado. De resto, segundo informações recolhidas por O JOGO, os dragões já fizeram saber aos gestores da carreira do internacional venezuelano que admitem transferi-lo por uma verba a rondar os cinco milhões de euros.

Os rumores que davam conta do interesse do Trabzonspor em Osório, originários na Turquia e com eco em Portugal, não são, por enquanto, fidedignos. As hipóteses mais fortes nesta altura, segundo soube o nosso jornal, encontram-se em Itália.

Deco, que tem uma parceria com a empresa de representação do defesa, já foi, inclusive, abordado por alguns dos interessados e o processo deverá conhecer desenvolvimentos a partir do meio desta semana. Se assim for, o venezuelano chegará ao novo clube uma semana antes de arrancar a Serie A, cujo primeiro jogo está marcado para 26 de setembro.

Apesar das boas indicações dadas por Osório nos dois mais recentes jogos-treino do FC Porto na pré-temporada, frente ao Farense e o Nacional, respetivamente, o eixo da defesa tem agora mais soluções disponíveis e Sérgio Conceição ainda pretende mais um jogador com outra maturidade.

O preferido, como já demos conta, é Otamendi, que está a tentar desvincular-se do Manchester City e admite fazer alguma ginástica salarial para se enquadrar nas possibilidades dos dragões. Por agora, Mbemba, Pepe, Diogo Leite e Diogo Queirós dão conta do recado enquanto Marcano recupera de lesão e o tão desejado reforço não chega.