Casa Pia não está obrigado a receber FC Porto e Sporting em Leiria

Casa Pia não está obrigado a receber FC Porto e Sporting em Leiria
Redação

Tópicos

Norma regulamentar prevê excecionalidade que anula a obrigação de receber os três grandes no mesmo estádio

De acordo com os regulamentos da Liga, aprovados pelos clubes, nas atuais circunstâncias, o Casa Pia não está obrigado a receber FC Porto e Sporting em Leiria.

Com o Estádio de Pina Manique em obras e o relvado do Estádio Nacional, em Oeiras, em recuperação, o Casa Pia requisitou à Liga Portuguesa de Futebol (LPFP) a realização do jogo com o Benfica, relativo à segunda jornada da I Liga, no Estádio Municipal de Leiria.

O pedido foi aceite no início deste mês, mas imaginava-se que tivesse implicações para os restantes encontros desta época com os "grandes", segundo o previsto no número quatro do artigo 29.º do Regulamento das Competições (RC) da LPFP.

"Caso (...) um clube pretenda indicar um jogo [noutro estádio] com as equipas da Futebol Clube do Porto, Futebol, SAD, Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD e Sport Lisboa e Benfica, Futebol, SAD, está obrigado a indicar o estádio alternativo para todos os três jogos (e apenas esses três jogos) que dispute na condição de visitado com essas três equipas", estipula o documento.

Fonte do Casa Pia confirmou à agência Lusa, ao início da manhã, essa imposição."Somos obrigados a fazer os três jogos [com os "grandes"] no mesmo local. Temos de jogar em Leiria, a não ser que haja algum tipo de acordo entre os clubes, o que não é provável. À partida vamos jogar com os três grandes em Leiria", garantiu fonte da equipa recém-promovida à I Liga.

A alteração do Casa Pia - Benfica para o Estádio de Leiria, onde será disputado a partir das 18h00 do dia 13 de agosto, estabeleceria, assim, que os casapianos, na condição de visitados, têm Leiria como "casa" diante dos "dragões", na 15.ª jornada, e dos "leões", na 27.ª, a 8 de janeiro e 8 de abril, respetivamente. Mas tal não será assim.

A alteração regulamentar que impõe aos clubes da I Liga receberem Benfica, FC Porto e Sporting num mesmo estádio alternativo foi aprovada pela assembleia geral da LPFP em junho de 2016. Mas o ponto 7 do mesmo artigo 29 anula o seu ponto 4.

A direção da LPFP, presidida por Pedro Proença, promoveu essa alteração ao RC em resposta a uma matéria que, nas épocas anteriores, provocara polémica, sobretudo após a realização do Estoril - Benfica no Estádio do Algarve, em 2005.

A partir daí, passou a ser obrigatório a qualquer emblema receber Benfica, Sporting e FC Porto no mesmo estádio em que jogar com o primeiro, disposição que, desde a aprovação, é agora aplicada pela primeira vez.

(NOTÍCIA ALTERADA ÀS 19H45)