Tiago Sá: o ídolo que veste à FC Porto e a desfeita a Brahimi

Tiago Sá: o ídolo que veste à FC Porto e a desfeita a Brahimi
Pedro Rocha

Tópicos

Guarda-redes do Braga esteve esta quarta-feira a responder às questões dos adeptos nas redes sociais.

Ídolo de infância: "O Casillas é o meu ídolo desde criança. O Buffon será o melhor guarda-redes de sempre pela qualidade e longevidade".

Estreia: "A minha estreia em Chaves foi muito especial. Sonhava com aquilo desde criança e, felizmente, aconteceu. Ganhámos e, com a ajuda dos meus companheiros, não sofri golos. Foi um dia muito feliz".

Melhor defesa: "Talvez uma defesa a um remate do Brahimi no Dragão: apareceu isolado e não foi fácil aguentar até ao remate dele".

Primeiras chuteiras: "As minhas primeiras chuteiras foram umas R9, do Ronaldinho Fenómeno. Comecei por ser avançado e só experimentei a baliza porque perdemos o nosso guarda-redes. Foi com essas chuteiras que comecei a defender".

​​​​​​​Conselhos aos mais jovens: "Aconselho os jogadores da formação a acreditarem sempre. É preciso trabalhar muito e abdicar de muita coisa, mas tendo qualidade é sempre possível chegar longe".

​​​​​​​Conquista da Taça da Liga: "Vencer a Taça da Liga foi um orgulho enorme. Foi uma conquista inesquecível para todos e ainda por cima aconteceu no nosso estádio, no último ano da competição em Braga. O Braga tem melhorado muito nos últimos anos: passou a ter uma estrutura enorme e que dá todas as condições aos jogadores. Em 2004, quando cheguei ao clube, essas condições não existiam".

Sobre as ambições: "Gosto da liga inglesa, mas julgo que encaixaria melhor, pelas minhas características, no futebol espanhol ou no alemão".

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS