Mangas está de volta ao Boavista, mas é para vender

Mangas está de volta ao Boavista, mas é para vender

Lateral-esquerdo vai estar no arranque dos trabalhos dos axadrezados, mas continua disponível no mercado. Apesar da grande época feita no Bordéus, a descida do clube francês alterou-lhe os planos. Vinculado ao Boavista, e com uma boa cotação no mercado, pode permitir um bom encaixe aos axadrezados.

Ricardo Mangas vai apresentar-se no início dos trabalhos do Boavista para a nova temporada, mas não fará parte do plantel dos axadrezados, tendo em conta que é um jogador com mercado.

O lateral-esquerdo de 24 anos esteve em evidência no Bordéus e tudo indicava que iria continuar no clube francês, mas a descida da equipa alterou os planos, acabando por não ser acionada a opção de compra.

Num altura em que ainda não está definido o seu futuro, mas tendo em conta que tem contrato com o Boavista, Ricardo Mangas vai começar a trabalhar sob as ordens de Petit. O esquerdino é um jogador com mercado e pode permitir um bom encaixe financeiro. Segundo o Transfermarkt, site especialista em avaliação do valor de mercado de jogadores, o defesa valerá 1,5 milhões de euros.

Além de Ricardo Mangas, o Boavista conta ainda para o lado esquerdo da defesa com Filipe Ferreira e Hamache. O internacional argelino, avaliado pelo Transfermarkt em dois milhões de euros, continua a ter muitos pretendentes em França, Itália e Bélgica.

Numa altura em que a SAD continua a tentar reforçar o plantel para 2022/23, é certa a ida ao mercado para contratar um guarda-redes que possa concorrer com Bracali e com João Gonçalves. Luiz Felipe, do Belenenses, esteve bem encaminhado, mas está descartado, tendo em conta as exigências financeiras do brasileiro.