Pizzi aborda erro de Rúben Dias no segundo golo do Shakhtar

Pizzi aborda erro de Rúben Dias no segundo golo do Shakhtar

Português marcou o único golo do Benfica na Ucrânia.

Análise: "Não era o resultado que queríamos, vínhamos com mentalidade positiva para ganhar. Encontrámos uma equipa muito difícil, com muita qualidade, com um treinador que gosta de pôr as equipas a jogar bom futebol. Foi um bom jogo, aberto, de parada e resposta".

Erro de Rúben Dias no segundo golo do Shakhtar: "Dar os parabéns à equipa, porque lutou desde o primeiro minuto. Infelizmente sofremos o segundo golo numa falha individual nossa, mas está cá o coletivo para assumir isso tudo e vamos dar resposta já na segunda-feira, em que temos um jogo difícil".

Jogar numa posição diferente: "Senti-me bem, procurei o espaço entre linhas e servir os companheiros mais da frente. Tento desempenhar o meu papel da melhor forma possível, o mais importante é fazer as tarefas bem em prol da equipa".

Resultado: "Acho que o resultado foi um bocado injusto devido à forma como sofremos o segundo golo. Agora é levantar a cabeça e pensar no jogo de segunda-feira, que vai ser bastante complicado. E só depois pensaremos na segunda mão, também vai ser um jogo bastante aberto".