"Se fosse treinador ou presidente do Paços de Ferreira multava o Eustáquio"

"Se fosse treinador ou presidente do Paços de Ferreira multava o Eustáquio"

Jorge Jesus comentou lance que resultou na expulsão de Eustáquio, no Paços de Ferreira-Benfica.

Expulsão: "Uma boa expulsão. Aliás, o Eustáquio , eu se fosse treinador ou presidente do Paços de Ferreira, multava-o, porque prejudicou a equipa dele e a jogada que ele fez não é de um profissional de futebol. Aquilo foi uma jogada com a nítida intenção de o magoar. Foi bem expulso."

Seferovic: "Uma noite muito forte do Seferovic, dois golos e duas assistências. O Benfica está confiante, tranquilo e seguro. O Eustáquio pôs o Paços de Ferreira a jeito e nós aproveitámos."

Jogo: Há momentos do jogo em que precisamos de circular a bola mais rápido para dar mais largura para o adversário, com menos um não consegues fechar. Os jogadores do Benfica podem marcar em qualquer momento, são fortes e estão confiantes."

Marítimo: "Com o Marítimo já podia ficar em 4-1, mas em Portugal a análise é pelo resultado e não pelo que joga, se ganhas 5-0 é grande exibição, se ganhas 1-0, mesmo jogando com qualidade, a diferença nota-se no comentário, os golos representam muito, mas há jogos em que não marcamos muitos e jogas bem."

Resultado: "A jogar onze contra onze e a ganhar 3-0 controlas, com mais um jogador o risco compensa. Por isso pudemos ir à procura de mais golos. O guarda-redes do Paços de Ferreira fez grandes defesas, tirou-nos dois ou três golos."

Darwin emocionou-se: "É um menino humilde. Ele tem 21 anos, o Benfica é um salto muito grande, de Almería para Lisboa. Ele tem grande qualidade, teve uma lesão e tem ainda e que incomoda. Perdeu alguma confiança e não jogar foi confuso para ele. A lesão não é grave, mas tira-lhe movimentos de rotação e velocidade, jogando mais vai voltar ao mesmo do início da época.".