Destaque do Benfica, Ana Vitória é desejada por gigantes europeus e nos Estados Unidos

Destaque do Benfica, Ana Vitória é desejada por gigantes europeus e nos Estados Unidos
Miguel Laezza

O JOGO sabe que a jogadora prioriza uma renovação de contrato com o emblema encarnado, mas que também não descarta a possibilidade de abraçar um novo projeto no fim da presente temporada.

As exibições magistrais de Ana Vitória não têm passado despercebidas aos principais "tubarões" do futebol feminino. Ainda no passado sábado, dia 21, a jogadora, de 22 anos, bisou na goleada do Benfica ao Sporting, por 5-0, no Estádio da Luz, num dérbi lisboeta a contar para os quartos de final da Taça de Portugal.

De acordo com as informações que O JOGO apurou, clubes de topo de Espanha, França, Inglaterra e EUA já iniciaram contactos junto das pessoas que gerem a carreira da futebolista para saber qual a sua vontade de mudar de ares no fim da presente temporada, altura em que termina o atual vínculo contratual com a formação encarnada.

O JOGO sabe ainda que, neste momento, Ana Vitória, natural de Rondonópolis, município do estado de Mato Grosso, dá prioridade a uma renovação de contrato com as águias. Ainda assim, não está descartada a possibilidade de a atleta sair para abraçar um novo projeto no estrangeiro, desde que o mesmo seja aliciante, nas vertentes desportiva e financeira, para a jogadora e para o Benfica.

Com 11 internacionalizações A pelo Brasil, a médio ofensivo, que também pode desempenhar funções a partir do flanco direito, estreou-se a marcar com a camisola da canarinha a 15 de novembro de 2022, frente ao Canadá, na Neo Química Arena, em São Paulo, apontando o tento do triunfo do "escrete" (2-1), que é comandado por Pia Sundhage, experiente treinadora sueca. Considerando que a seleção brasileira vai disputar o Mundial de 2023 - está inserida no Grupo F, juntamente com França, Jamaica e o vencedor do Grupo C do play-off intercontinental, que só será determinado em fevereiro -, que decorrerá na Austrália e na Nova Zelândia, de 20 de julho a 20 de agosto, Ana Vitória poderá ter a oportunidade de se valorizar ainda mais na maior montra do desporto-rei.

No Benfica desde 2018/19, a dorsal 10 das bicampeãs nacionais, que está nomeada para o "Samba Gold 2022" - prémio que distingue as jogadoras brasileiras que atuam fora do Brasil e estiveram em maior evidência durante o ano -, assinou, no total, 61 golos pelas águias, sete dos quais na Liga dos Campeões. Um caso promissor, para seguir com atenção.