A expedição mais saborosa que alguma vez fará

A expedição mais saborosa que alguma vez fará

Se lhe perguntarem qual é a assinatura culinária belga com maior tradição, o que lhe vem à cabeça? A waffle belga, certo? Oh non, non, non...

Estamos a falar de moules-frites, um prato de mexilhões acompanhado por batatas fritas, que faz as delícias de quem quer que passe por Bruxelas. As porções são generosas e há vários locais na cidade que se especializam neste prato típico, rivalizando entre eles pelo molho mais saboroso que acompanha os moules. O que é certo é que comer moules-frites em Bruxelas é uma experiência enriquecedora, e não só porque os mexilhões são ricos em ácidos gordos saudáveis. É, acima de tudo, uma refeição divertida, que vai querer partilhar a dois ou com um grupo de amigos, e há uma técnica a ter em conta: os belgas usam a casca de um mexilhão vazio para retirar a carne de um mexilhão ainda com a carne na sua casca, atirando de seguida metade dessa equação para uma taça funda.

Mas não vamos esquecer as waffles...

...que originalmente se chamavam waffles de Bruxelas, o que atesta a importância desta cidade para o mundo. Mas a versão das roulottes não é o ideal, pelo que o melhor é mesmo procurar um especialista. A nossa sugestão é "Le Funambule", uma pequena loja sem lugares sentados perto do famoso Mannekin Pis, onde a versão simples de uma waffle (e é assim a forma tradicional de a comer, sem estar afogada em toppings) custa apenas um euro.

Se quiser saber mais sobre esta saborosa cidade, o melhor mesmo é ler mais artigos sobre este e muitos outros destinos, aqui.