Premium "Ao Diamantino Figueiredo, eu ouvi chamarem-lhe de tudo"

"Ao Diamantino Figueiredo, eu ouvi chamarem-lhe de tudo"

DRAGÃO DO SUL - Um texto de opinião de Paulo Baldaia.

Queria começar por pedir desculpa porque fiz parte do exército de maus perdedores e aziados que não souberam dar os parabéns como deve ser ao Sporting pela (i)merecida vitória na final da Taça Paz e Amizade. Num jogo em que a primeira parte parecia um Quirguízia do Norte versus Quirguízia do Sul, a segunda parte revelou uma equipa a querer ganhar o jogo, enquanto a outra queria apenas marcar penáltis.

Eu, que vi o jogo na tribuna, no lado em que estavam os adeptos do Sporting, ouvi com os meus ouvidos e vi com os meus olhos o que é o fair play leonino. Assim que o Fernando Andrade marcou o golo, ficaram nervosos e começaram a insultar os adeptos e os jogadores do FC do Porto. Com os jogadores e a equipa técnica no campo foi assim, quando a equipa subiu e desceu a tribuna foi pior. Ao Diamantino Figueiredo, eu ouvi chamarem-lhe de tudo. Portanto, de fair play estamos conversados.