Exclusivo Qual "bolha"? É antes o ADN

O meu amigo portista garantiu-me que só o Sérgio Conceição está imune às críticas dos adeptos, e que mesmo Pinto da Costa, antes intocável, é hoje apontado como um dos culpados pelas recentes "más" exibições dos portistas

A conversa estava boa. Éramos quatro à volta de uma mesa, num final de tarde soalheiro e falávamos sobre tudo: a guerra, a crise inflacionista e os perigos do capitalismo, literatura e ficção científica, e outros assuntos curiosos.

Aproximando-se a hora do jantar, o futebol veio à tona das palavras. As preferências clubísticas tomaram as rédeas da conversa: eu, adepto bracarense, um adepto vitoriano, um flaviense e um portista. Depois de falarmos sobre o momento do Porto - o meu amigo portista garantiu-me que só o Sérgio Conceição está imune às críticas dos adeptos, e que mesmo Pinto da Costa, antes intocável, é hoje apontado como um dos culpados pelas recentes "más" exibições dos portistas -, o atual momento do Braga foi objeto duma troca de opiniões. Achei curioso o adepto vitoriano e o flaviense serem da opinião que esta sucessão de vitórias e avalanche de golos do início da época bracarense são uma espécie de "bolha" e que, mais cedo ou mais tarde, o Braga regressará ao seu lugar habitual ( que é o 4.º lugar).