Opinião

PremiumMiguel Pedro

Taça: o imperativo categórico e o rival Rio Ave

O Braga inicia domingo a sua participação na designada "prova-rainha do futebol português". A conquista deste troféu é, para os bracarenses (adeptos e estrutura dirigente), a maior ambição, em termos realísticos, para a época 2018/19. Na verdade, se a conquista do título é por todos percecionada como "um sonho", algo quase inalcançável, vencer a Taça de Portugal é não só uma possibilidade real como quase um imperativo categórico. Vencer um troféu desta natureza é de grande importância para um clube com a dimensão e as aspirações do Braga, pois permite, por um lado, uma celebração catártica do clubismo e, por outro, afirmar e reforçar os laços do clube com a comunidade (principalmente no que respeita à captação do interesse clubista nos mais novos). E, na verdade, o Braga tem tido nos últimos anos consciência da importância de se vencer este troféu.