Premium Como Amália explica Jesus

BOLA DE TRAPOS - A crónica semanal de Miguel Carvalho em O JOGO

Quando chegou ao Rio de Janeiro, em 1944, para cantar no Casino de Copacabana, Amália Rodrigues era uma vedeta portuguesa em ascensão, mas sem currículo no Brasil. Por lá, nunca lhe tinham ouvido a voz e ainda tinham do fado a ideia de canção reles da viela, da taberna e do prostíbulo, cantado por putas de buço.