Exclusivo Pote e Jovane: heróis errados na vitória certa

Pote e Jovane: heróis errados na vitória certa
Marcos Cruz

DENTE DE LEÃO - Opinião de Marcos Cruz

Ontem, o Sporting entrou com fome, mas pouco assertivo. Embora Palhinha e Matheus Nunes impusessem a sua lei a meio-campo, as alas não funcionavam. Pote parece estar a habituar-se a acordar tarde, e nem se pode queixar de Esgaio, que fez todo o corredor com energia e precisão; do outro lado, a dupla Vinagre-Jovane carece ainda de rotinas, sentindo-se para já muito a falta de Nuno Mendes.

O cabo-verdiano revelou-se trapalhão durante toda a primeira parte, foi aliás o pior jogador da equipa - mas o futebol tem coisas que ninguém consegue explicar e lá estava ele a marcar o golo inaugural, assistido por Esgaio. Estranhamente, depois disso a equipa tremeu e o Braga criou duas ocasiões de perigo.