Premium A Europa rica

Rsta quinta jornada da Liga Europa, tendo pela frente só Europa rica, permitiu, apesar de tudo, melhorar um pouco a imagem do futebol português de clubes, que começava a ficar desvalorizada.

Sporting e Braga apurados, FC Porto bem encaminhado, Vitória a perder a oportunidade de ganhar um jogo na fase de grupos - esta quinta jornada da Liga Europa, tendo pela frente só Europa rica, permitiu, apesar de tudo, melhorar um pouco a imagem do futebol português de clubes, que começava a ficar desvalorizada. Desta vez ficou claro que ainda há uma certa distância entra as equipas portuguesas em relação às suíças e holandesas, que pareciam ter-se aproximado muito, em parte porque as de cá tinham perdido força e engenho. Nem tanto.

O Sporting deu um golpe de autoridade e conseguiu um bom jogo, apesar de faltarem peças importantes. Foi mesmo um dos melhores jogos da época. Regressou Wendel, depois de mais de um mês sem jogar porque andou na noite. Um castigo excessivo, visto de fora, e Bruno Fernandes (que defendeu Wendel na conferência de Imprensa, inusitadamente ou talvez não) marcou mais dois golos.