Exclusivo Se não querem a paz, é melhor assumir

Se não querem a paz, é melhor assumir

Ou a paz ou o conflito. Pedir foguetes quando Rui Costa recusa a tribuna a Pinto da Costa é exatamente o mesmo que pedir mísseis. Já vai sendo tempo de perceber que são os adeptos quem decide.

1 - Vamos ver se nos entendemos: não são conciliáveis os aplausos efusivos por Rui Costa e Pinto da Costa não se sentarem juntos na tribuna da Luz e as lágrimas de crocodilo (pré-histórico) de cada vez que há um conflito rasteiro entre Benfica e FC Porto.

Têm de escolher, ou são pela reconciliação ou são pelo conflito. Pelas duas ao mesmo tempo, digamos que é um desafio filosófico que a maioria das pessoas que costumamos ouvir na televisão não está à altura de ganhar, nem de perceber.