Exclusivo Pepa e o desígnio vitoriano da 5ª equipa

Pepa e o desígnio vitoriano da 5ª equipa

Este nunca seria o momento mais conveniente para se exigir ao Vitória uma cavalgada europeia, mas o alinhamento das vacas magras com o treinador devia ter sido acautelado.

A ironia da conversa que António Salvador teve, anteontem, com os jornalistas residiu no nome nunca mencionado: a mítica quinta equipa, destinada a salvar o ranking português na UEFA do ciclo ininterrupto de subidas e descidas.

Eu explico. Quando a Liga portuguesa sobe ao sexto lugar, passa a dividir os pontos pelos seis participantes e como dois deles pouco pontuam, fica condenado a voltar a descer. O Santo Graal seria, por isso, uma quinta equipa capaz de pontuar regularmente na Europa. E em quem pensam todos quando se fala nela? No vizinho que mais comichões provoca no Braga de Salvador, esta época inscrito na Conference League para tentar, outra vez, vingar nos mares internacionais.