Premium Sérgio Conceição é chave de tudo no FC Porto 2019/20

Sérgio Conceição é chave de tudo no FC Porto 2019/20
José Manuel Ribeiro

Tópicos

A equipa pode perder só jogadores no final da época. Ou perder os jogadores e as ideias claras dos últimos dois anos

Sabem o que é pior do que perder cinco ou seis jogadores titulares? Perder cinco ou seis titulares mais um treinador competente. O golpe mais duro para o FC Porto neste final de época seria ficar sem essa garantia de alguma continuidade, de resto reconhecida unanimemente e em fartas proporções pela Imprensa nas últimas duas semanas, contando com uma comovente primeira página de ontem. Sérgio Conceição é a chave do processo e até de alguma ordem na reconstrução interna do futebol profissional, para além de já ter gerido com sabedoria um momento de crise grave no FC Porto.

Jogadores como Herrera, tão mal visto nas primeiras épocas, demonstram que comprar bem não chega. A falta de ideias claras dos treinadores e equipas é a principal causa de "morte" prematura dos reforços. Em 2004/05, o FC Porto reagiu a um cenário semelhante contratando Luís Fabiano, Diego, Raul Meireles, Pepe, Quaresma, Paulo Assunção (e até Thiago Silva, agora capitão do PSG) para conseguir apenas uma época catastrófica - preparada e dirigida, sucessivamente, por um italiano (Del Neri), um espanhol (Victor Fernandez) e um português (José Couceiro).