Premium Como a DGS cria o caos na Liga

José Manuel Ribeiro

Tópicos

DGS fala em adiar jogos, mas o plano do futebol profissional fala em jogar desde que haja sete inscritos para pôr em campo. Em que ficamos?

A Direção Geral de Saúde quer adiar jogos e não parar o campeonato. Dito assim, soa simpático. Se lermos antes o protocolo da Liga, nem tanto. Como o calendário está esganado, o que se contemplou não foram adiamentos: o covid-19 é equiparado a uma gastroenterite; quem está infetado não joga e por aí adiante até haver menos de sete jogadores para pôr em campo, conforme estipula a Lei 3. Mas a DGS, e as delegações regionais, não só parecem pensar de outra maneira como podem ter direito a impô-lo.