Exclusivo A guerra que Pinto da Costa adora perder

A guerra que Pinto da Costa adora perder

O FC Porto do século XXI ganha ainda mais do que nos últimos 22 anos do século XX. Mas só nos estádios e pavilhões. Fora deles continua a ser uma presa demasiado fácil.

Ok, o FC Porto rechaçou por uns tempos valentes as conversas da hegemonia benfiquista; fez estacar o Sporting mais convincente dos últimos 20 anos (pelo menos); refrescou a reputação de clube formador, e até disfarçou os bolsos rotos.

Por cima disso, as primeiras 22 épocas do século XXI estão a ser bastante melhores do que as últimas do século XX: 12 campeonatos contra 11, oito taças contra seis, quatro títulos internacionais contra dois. E agora?